PassagemAérea
Ínicio > No mundo > Marrocos reabre para turistas a partir do dia 7 de fevereiro

Marrocos reabre para turistas a partir do dia 7 de fevereiro

Um avião estacionado ao fundo borrado, no centro da foto duas malas, uma roxa e uma amarela.

Depois de dois meses de fronteiras fechadas, o Marrocos vai reabrir para turistas internacionais, o que inclui os brasileiros, a partir da próxima segunda-feira (7).

Esta reabertura foi anunciada pelo Ministério das Relações Exteriores, Cooperação Africana e Expatriados Marroquinos.

As autoridades ainda afirmaram que a decisão foi tomada “de acordo com as recomendações da comissão técnica e científica do país e levando em consideração a evolução da situação epidemiológica no reino”, devido à pandemia.

Como o Brasil está classificado como risco moderado, isso permitirá que os turistas oriundos do país possam viajar para lá apresentando comprovante de vacinação e teste RT-PCR negativo realizado até 48h antes do voo.

Para entrar no Marrocos também será necessário preencher um formulário com informações pessoais, além de realizar um teste rápido logo na chegada.

Menores com idade inferior a 6 anos estão isentos destas obrigações. Já os turistas com idades entre 6 a 11 anos precisam apresentar o teste RT-PCR.

Para os viajantes a partir de 12 anos devem apresentar a mesma documentação que os passageiros adultos, ou seja, vacinação e teste RT-PCR.

Aproveite a reabertura das fronteiras para visitar o país

Marrocos é um dos destinos africanos mais visitados por turistas que buscam um lugar de paisagens incríveis, cultura única, cores vibrantes, povo hospitaleiro, além de uma culinária deliciosa! 

Neste destino é possível misturar uma experiência cultural devido a sua antiga arquitetura, e ainda explorar a rica natureza de suas praias, montanhas, cânions, lagos, além do deserto.

Mas o que conhecer em Marrocos?

Medina em Marrakech

Um dos destinos mais requisitados pelos turistas que visitam o Marrocos é a Medina – cidade antiga que se tornou em 1985, Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco -, em Marrakech.

Construída entre os anos de 1122 e 1123, suas muralhas vermelhas e outras edificações de mesmo tom deram origem ao apelido do local, que é, claro, Cidade Vermelha.

Ao visitar Medina, você terá a oportunidade de conhecer monumentos como a Mesquita de Koutoubia, o Kasbah, além de portais e jardins exuberantes.

O local também abriga os túmulos Saadianos, o Madraçal de Ben Youssef e a Praça Jemaa El Fna.

Deserto do Saara

Certamente um dos cenários mais lindos que você verá no Marrocos, o Deserto do Saara é, basicamente, uma regra para quem visita o país.


Para se ter uma ideia, o Saara é simplesmente o terceiro maior deserto do mundo com incríveis 9 milhões de quilômetros quadrados.

Ao inserir esta parada no destino não deixe de fazer um passeio de no mínimo 2 dias para poder aproveitar e andar no dorso de camelos, além de dormir em uma daquelas famosas tendas no meio do deserto.

Medina Azul em Chefchaouen

Localizada nas montanhas Rif, a Medina Azul em Chefchaouen chama a atenção dos turistas devido a sua tonalidade azulada encontrada nos prédios e casas.

Fundado no ano de 1471, o local foi utilizado como abrigo para judeus da Europa, que haviam fugido do período da Inquisição Espanhola.


Depois de estar fechada por muitos anos, a Medina Azul foi reaberta e, por ser
considerada uma área sagrada acabou se tornando um local de peregrinação.

Ruínas Romanas em Volubilis

Para quem visita o Marrocos com a intenção de conhecer o país de uma forma mais profunda, a dica é inserir no roteiro estas ruínas que resgatam a história romana de uma época em que diferentes povos viviam em paz na região, como judeus, gregos e sírios.

O interessante é que, naquele período, além de azeites, cereais também eram produzidos na região o que fez daquela cidade um lugar muito próspero.

Ao longo do trajeto, você terá a oportunidade de observar construções antiquíssimas, o que inclui templos, casas do governo, termas, além de uma basílica isso sem falar que este também é considerado Patrimônio da Mundial da Humanidade pela Unesco.

Confira outros lugares que também merecem atenção de quem visita o Marrocos

Em um país com uma extensão territorial de 446.550 km², ainda há muitas outras coisas que podem ser inseridas no seu roteiro de viagens para o Marrocos.

Ouarzazate – conhecida como a porta do deserto, é praticamente a entrada para o Saara. Conheça nesta local o Mercado Central, o Museu Kasbah de Taourirt, além de belos vilarejos. 

Ah, e se você é fã da série Game of Thrones vai gostar de saber que o local também foi utilizado como cenário em algumas das cenas. 

El jadida – localizada na costa atlântica do país, esta cidade se destaca por conta de uma muralha erguida no século 16. Aproveite ainda para conhecer alguns dos muitos monumentos incluindo a cisterna portuguesa.

Rabat – segunda maior cidade de Marrocos, com quase dois milhões de habitantes, aqui vale a pena visitar o seu centro histórico, também considerado Patrimônio da Humanidade.

Procurando Passagem Aérea para o Marrocos? Compre sua passagem aérea ou pacote acessando nosso site www.passagemaerea.com.br
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/passagemoficial
Siga no Instagram: www.instagram.com/passagemaereaoficial

Se precisar de alguma ajuda, basta entrar em contato que ajudaremos no que for preciso.

Mariana

Olá, sou a Mariana, apaixonada por viagem e motivada a te ajudar a conhecer o mundo também!

Deixar um comentário