PassagemAérea
Ínicio > Dicas de Viagem > Limite para compras no exterior é ampliado

Limite para compras no exterior é ampliado

Duas pessoas pegando duas passagens baratas de avião das mãos de uma agente de viagens.

Valor sobe de US$ 500 para US$1.000.

Se você costuma viajar para o exterior e tem por hábito fazer alguma ‘comprinha’ durante este período certamente sempre teve a preocupação de não estourar o limite, não é mesmo?

Embora a preocupação não termine, afinal de contas é sempre bom ter controle sobre os gastos, a novidade é que se você está com viagem marcada e pretende aproveitar esta oportunidade vai gostar de saber que o limite de compra dobrou!

Desde o dia 1º de janeiro, os viajantes provenientes de viagens internacionais por via aérea ou marítima ao Brasil poderão trazer até US$ 1.000 em compras livres de impostos.

O limite anterior era de US$ 500.

Este valor vale para bens que não são isentos, como aqueles de uso pessoal, que pode incluir um aparelho celular, uma câmera fotográfica, um relógio, roupas, perfume, livros entre outros itens.

Já a regra que determina que os produtos adquiridos sejam em quantidade compatível com a viagem permanecem.

Vale ainda destacar que o viajante que adquirir bens acima dos US$ 1.000 terá que declarar os itens e arcar com o imposto de importação no valor de 50% sobre o valor excedente.

Caso opte por não declarar os bens, o passageiro poderá ser autuado e, além do
imposto, terá ainda que pagar uma multa totalizando em 100% sobre o valor excedido.

Ano começa com novidade também no limite para viagem internacional

No último dia 30 de dezembro, o presidente Jair Bolsonaro sancionou um Projeto de Lei que alterou algumas regras do Mercado de Câmbio Brasileiro.

A proposta havia sido enviada ao Congresso pelo Banco Central em 2019, mas só foi analisada no ano passado.

Já o projeto tinha sido aprovado em fevereiro pela Câmara dos Deputados e, em dezembro de 2021 pelo Senado.

Entre outros tópicos, o texto ampliou as possibilidades de abertura de conta em dólar e aumentou o limite de dinheiro vivo que cada pessoa pode levar ao entrar ou sair do país.

O valor que antes era de R$ 10 mil passou a ser de US$ 10 mil.

O objetivo foi atualizar o valor, já que o limite havia sido criado em 1994, início do Plano Real, quando o real tinha o mesmo valor do dólar.

Procurando Passagem Aérea?

Compre sua passagem aérea ou pacote acessando nosso site www.passagemaerea.com.br

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/passagemoficial

Siga no Instagram: www.instagram.com/passagemaereaoficial

Mariana

Olá, sou a Mariana, apaixonada por viagem e motivada a te ajudar a conhecer o mundo também!