PassagemAérea
Ínicio > Sem categoria > EUA reabrem para turistas após 20 meses: o que brasileiros precisam para viajar

EUA reabrem para turistas após 20 meses: o que brasileiros precisam para viajar

Vista panorâmica aérea da cidade de Londres e do rio Tamisa com torre Ponte, Torre de Londres e Prefeitura com asa de avião em frente, Inglaterra, Reino Unido.

Viajantes estrangeiros totalmente vacinados, incluindo brasileiros, já podem entrar nos Estados Unidos.

A medida, que passou a valer desde a segunda-feira 8, só será válida para o turista que apresentar certificado de vacinação e um teste negativo para covid-19 realizado com, no máximo, 72h de antecedência.

Menores de 18 anos não precisam comprovar imunização, mas a exigência do teste permanece. Não é necessário fazer quarentena.

A obrigatoriedade de visto para brasileiros segue mantida.

Os Estados Unidos aceitam todas as vacinas aprovadas para uso emergencial no país ou pela Organização Mundial da Saúde (OMS), incluindo a CoronaVac, produzida no Brasil pelo instituto Butantan.

Também será permitida a entrada de pessoas que tenham tomado as duas doses de imunizantes diferentes.

A reabertura das fronteiras encerra uma proibição que durava 20 meses imposta pelo ex-presidente Donald Trump devido à pandemia de covid-19.

A medida afetou cidadãos de mais de 30 países, incluindo o Brasil, e resultou na separação de famílias, além de paralisar e prejudicar de forma acentuada o turismo norte-americano.

Com a abertura da fronteira, as companhias aéreas esperam grande quantidade de visitantes à medida que as restrições são suspensas para aqueles que estão totalmente vacinados e passam por testes e rastreamento
de contato.


Medidas para conter o vírus

Em um esforço para impedir a disseminação do coronavírus, as fronteiras dos EUA haviam sido fechadas para viajantes oriundos da China no início do ano passado.

Posteriormente, as restrições afetaram outros países.

As regras proibiam a entrada da maioria dos cidadãos não americanos que estiveram no Reino Unido e em vários outros países europeus, bem como Índia, África do Sul, Irã e Brasil.

A companhia aérea United Airlines informou esperar um aumento de 50% no número de passageiros internacionais, enquanto o CEO da Delta, Ed Bastian, frisou que os turistas terão que ter paciência quanto as filas.

“Vai ser um pouco complicado no início. Posso garantir que haverá filas, infelizmente”, disse.

As fronteiras terrestres dos EUA com os vizinhos Canadá e México também foram reabertas para quem estiver totalmente vacinado.

Expectativas de crescimento com a abertura das fronteiras

Uma recuperação gradual parece estar a caminho para as viagens aéreas internacionais. De acordo com dados da empresa de análise de aviação OAG, o número de assentos ocupados em voos que chegarão aos EUA da Europa
em dezembro está projetado em cerca de 67% do nível de dezembro de 2019.

As companhias aéreas ainda estão recontratando funcionários e reativando aeronaves paralisadas por causa da pandemia. Os problemas de falta de pessoal, que podem ser agravados pela obrigatoriedade de vacinação, têm
dificultado as operações de alguns portadores.

Procurando Passagem Aérea para os Estados Unidos? Compre sua passagem aérea ou pacote acessando
nosso site www.passagemaerea.com.br

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/passagemoficial
Siga no Instagram: www.instagram.com/passagemaereaoficial
E-mail: contato@passagemaerea.com.br
Se precisar de alguma ajuda, basta entrar em contato que ajudaremos no que for preciso.

Mariana

Olá, sou a Mariana, apaixonada por viagem e motivada a te ajudar a conhecer o mundo também!