PassagemAérea
Ínicio > Sem categoria > Destinos internacionais baratos para conhecer em 2022

Destinos internacionais baratos para conhecer em 2022

Avião da gol voando e soltando fumaça

Pensando em viajar, mas ainda não definiu seu roteiro?

Se o seu desejo é fazer uma viagem para o exterior, apesar do dólar caro, existem destinos internacionais baratos que você pode conhecer, mesmo se a grana estiver mais curta.
 
Muito provavelmente, você já tenha ouvido falar do mito de que as viagens internacionais sempre vão ser muito caras, acertei?

Bem, a verdade é que se pesquisar bem o destino, é possível sim gastar menos do que em uma viagem em solo nacional. 

Evidentemente que existem fatores a serem considerados o que inclui quantos dias você vai ficar, onde vai se hospedar e até em quais lugares serão as refeições.

Em função destes detalhes, ter um planejamento muito bem detalhado e viajar com tudo programado ajuda qualquer turista a explorar novos países de forma mais econômica.
 
Confira algumas sugestões e dicas que deverão te auxiliar a conhecer novos lugares e gastar pouco.

Argentina

Segundo maior país da América do Sul, atrás apenas do Brasil, os argentinos ainda possuem algumas características culturais parecidas com as nossas o que inclui a paixão por futebol e churrasco.

A capital Buenos Aires é uma das cidades mais procuradas pelos brasileiros e, para atender a alta demanda, é grande a quantidade de voos diários para a cidade o que aumenta a possibilidade de promoções aéreas geralmente bastante atrativas.

Mas o que fazer em Buenos Aires?

O que você não pode deixar de fazer no país é assistir um espetáculo de tango, a manifestação artística símbolo dos argentinos. Se puder fazer isso apreciando um chorizo – uma comida típica do país – melhor ainda.

A Casa Rosada é sede do Governo da Argentina e um dos símbolos do país. Visite também o Obelisco de Buenos Aires e o Floralis Generica.

Colômbia

Com tantos lugares incríveis em território colombiano para se conhecer planejar o roteiro talvez não seja das tarefas mais fáceis.

São cidades grandes e pequenas, praias e montanhas e muito verde. Além da variedade de passeios, o que torna a Colômbia um destino muito procurado é a receptividade do seu povo.

Comece o passeio pela capital Bogotá explorando a candelária, como é conhecido o centro histórico da cidade. Lá você encontrará a grande Plaza Bolívar e os museus do Ouro e Botero.

Para conhecer a cidade de um ângulo diferente, suba o Cerro de Monserrate.

O caminho pode ser feito a pé ou de teleférico. 

Não deixe ainda de visitar a Catedral de Zipaquirá, uma igreja construída dentro de uma mina de sal, considerada patrimônio cultural, religioso e ambiental.

Em Canos Cristales, você irá conhecer o que chamam de “o rio mais bonito do mundo”.

A água de Canos Cristales ganha diferentes tons de cores devido a presença das algas.

A melhor época para ver a coloração diferenciada é entre junho e dezembro.

Bolívia

Com tradições indígenas bastante presentes, apesar da cidade de La Paz ser uma metrópole, estas características conseguem se misturar com a modernidade desta que é considerada a capital boliviana.

Considerada porque, na verdade, não é oficialmente a capital da Bolívia, mas abriga os poderes executivos e legislativos do país.

Na constituição o título de capital é da cidade de Sucre.

Apesar de ser uma cidade grande, as principais atrações se reúnem em uma área do centro, que pode ser percorrida a pé.

Conheça a Praça Murillo, Igreja de São Francisco e o Mercado das Bruxas, além, é claro, dos mirantes da cidade que são excepcionais.

Insira no roteiro uma visita ao Salar de Uyuni, simplesmente o maior deserto de sal do planeta localizado no sudoeste da Bolívia.

São incríveis mais de 10.000 quilômetros quadrados e 25 mil toneladas de sal que formam um cenário inigualável e perfeito para fotos.

A Bolívia também abriga o lago mais alto do mundo.

Localizado a 3800 metros acima do nível do mar, o Lago Titicaca é considerado o lugar mitológico do nascimento da cultura Inca.

Guatemala

Apesar do dólar nas alturas, por incrível que possa parecer, viajar para a Guatemala ainda é relativamente barato.

Antigua, que foi a capital guatemalteca até 1.776, possivelmente seja uma das cidades coloniais mais bonitas que há na América Central.

Não à toa, também é uma das cidades mais turísticas da Guatemala.

A atual capital, Guatemala City, ou simplesmente Guatemala, possui fama de ser um pouco perigosa e sem atrativos. Talvez valha a pena conhecer e tirar suas próprias conclusões desde que você esteja com folga no roteiro.  

Já os vilarejos pelos arredores do Lago Atitlán são imperdíveis. Os mais procurados pelos turistas são San Pedro la Laguna e San Marcos. Se o primeiro é famoso pelas festas, o segundo conquista os turistas por ter uma ‘vibe’ mais tranquila.

Um lugar de difícil acesso, mas recompensador por sua beleza é  Semuc Champey . O povoado mais perto dessa maravilha natural é Lanquín. Uma opção também é contratar agências que realizam este passeio de um dia a partir de Cobán. 

No extremo norte do país, Tikal é um dos sítios arqueológicos Maias mais indicados para visitar na América Central.

Esta antiga cidade Maia fica próximo de Flores e costuma servir de base para quem quer apreciar as impressionantes ruínas ou até mesmo seguir viagem para Belize.

Apesar da Guatemala não ser muito famosa pelas praias, Livingston pode ser uma boa opção para os viajantes que estão em busca de sol e mar.

Bali

Bali é outro destino que também se destaca por contar com preços bastante acessíveis.

Esta ilha paradisíaca na Indonésia, conta com dezenas de praias bastante similares às brasileiras, pontos turísticos culturais e hotéis de luxo.

Além dos valores, os atrativos de Bali são muito interessantes. Templos hindus e budistas magníficos, extensas plantações de arroz com montanhas ao fundo, museus e apresentações culturais singulares. O destino também é muito procurado por surfistas!

Entre as praias mais famosas estão Nusa Dua, Sanur, Jimbaran e Legian.

Templos são centenas, mas os destaques ficam por conta de Pura Uluwatu, Pura Tanah Lot e Pura Ulun Danau Bratan (o templo do lago).

Na região de Ubud é onde você poderá encontrar os famosos arrozais de Bali, não é nem preciso procurar muito, pois eles estão por toda parte.

Além disso, é lá que fica a Floresta Sagrada dos Macacos, uma visita imperdível!

Para quem gosta de trilhas, uma boa pedida é subir o vulcão Batur para ver o nascer do sol.

Bem ao norte da ilha, em Lovina Beach é possível pegar algumas embarcações para ver golfinhos.

Caso você queira fazer este passeio, a dica é sair bem cedinho e, no caminho de volta para o sul, não deixe de passar pela cachoeira Gitgit e pelos 3 lagos Danau Buyan Pancasari, Danau Tambligari e Danau Bratan (onde está o templo de mesmo nome).

Embora os destinos mencionados aqui tenham muitas outras atrações a ideia do blog foi unir dicas de passeios com lugares que, apesar da alta do dólar, com um pouco de planejamento com certeza podem ser aproveitados.

Mariana

Olá, sou a Mariana, apaixonada por viagem e motivada a te ajudar a conhecer o mundo também!